Arquivo da tag: Festa

Boicotar a Festa do Livro da USP

Panfleto Original da Festa do Livro

Depois de doze anos de sucesso sendo realizada no prédio de História e Geografia da FFLCH-USP, a tradicional festa do livro deste ano não será realizada no mês de novembro naquele prédio. Segundo o grupo organizador da festa, que enviou e-mail a toda comunidade uspiana, o evento teve que ser adiado em razão de um problema de “LOGÍSTICA” e seria reagendado para uma nova data a ser confirmada. O tal problema de logística ao qual se referem os organizadores, foi a GREVE DE ESTUDANTES decretada logo depois da desastrada reintegração de posse realizada pela Polícia Militar que, após ser autorizada pelo reitor, invadiu o campus universitário prendendo 73 alunos que ocupavam a reitoria.

Claro que todos ficamos desapontados e sem entender o motivo do adiamento, uma vez que a greve, em si só, não era uma razão para adiar a realização da Festa do Livro. Vários outros eventos, como seminários, foram realizados nos prédios de História e Geografia da USP durante a greve sem nenhum problema de “segurança”, que era o principal receio dos organizadores.

Passamos a entender melhor a razão por trás do adiamento da Festa algumas semanas depois do aviso de adiamento. A reitoria da Universidade de São Paulo, através do grupo que organiza a festa do livro e de sua maneira tão característica, isto é, sem conversar com a comunidade, decidiu transferir o local de realização da tradicional Festa de Livros para os prédios da Mecânica e da Civil da Escola Politécnica da USP. Essa medida foi tomada claramente como forma de retaliação a greve dos estudantes e chega às raias do caricato por esta festa ser, em sua grande maioria, um evento que vende LIVROS DE HUMANIDADES com grandes descontos e se há um local onde esta festa deve ocorrer é nos prédios da FFLCH e não nos da POLI. Prova de que a reitoria está disposta a provocar e retaliar seus estudantes que ousaram reivindicar por mais democracia dentro da Universidade é o próprio panfleto divulgando a nova data e local da Festa, que traz em grande destaque a frase AGORA NA POLI. Não por acaso, a Poli foi uma das unidades da USP que não aderiu à greve dos estudantes logo depois da invasão da PM e a prisão de nossos colegas.

Assim, conclamo a todos que pretendiam ir à festa do livro a BOICOTAR o evento deste ano por acreditar que a Universidade não deve utilizar este evento da maneira política como está utilizando. Entendo perfeitamente que esta é uma oportunidade para que muitos estudantes comprem, pela metade do preço, aqueles livros caríssimos que ficam pegando nas bibliotecas o ano todo, mas é inadmissível que este evento seja utilizado pela reitoria CONTRA OS ESTUDANTES que reivindicam melhorias estrutura de poder da Universidade. O tom provocativo é óbvio e os estudantes devem responder esta provocação com BOICOTE. Espalhem a notícia, não vamos aceitar mais essa decisão arbitrária e provocativa do nosso magnífico reitor. BOICOTE JÁ.

2 Comentários

Arquivado em Pensamentos